It's not the way you lead me by the hand into the bedroom...

Okay. Coloquei um piercing.
Caí na real de que pior do que fazer o que todo mundo faz, é DEIXAR de fazer algo que se quer só porque todo mundo faz. São duas escravidões, sendo que a segunda é ainda mais estúpida - porque é também hipócrita.

Coisa pequena. Aquele de sobrancelha, bonitinho que só ele. Fica lá, eu fico na minha, não vou virar freak, só que ele combina comigo e o espelho gostou do resultado.

Adoro banheiros. Adoro banhos, cheiros, perfumes e cremes. E como ficar olhando pro meu salário na gaveta não estava me fazendo bem, fui ao shopping comprar coisinhas de farmácia.

Voltei pra casa e quis sair. Passei a mão no telefone e descobri que vida de semi solteira é uma merda. Suas amigas com namorado não têm tempo pra você. O mais legal disso tudo é que elas não terão namorado pra sempre. Um dia será a vez delas passar as mãos ansiosas no telefone e dar de cara com a secretária eletrônica. Ou pior: ouvir coisas como "sorry, darling, sábado é dia de ficar com o meu baby" (sim, eu já ouvi isso numa secretária eletrônica!). OU "sorry, darling, mas vou sair com a turma... Ah, você está sem namorado? Arruma outro, oras!".

Semi solteira, yeah. Eu não vou ligar pra ele. Eu não quero nem saber. Acabei passando a noite aqui, com o pessoal da Vila São Luís e logo mais vou estar no Maracanã pra ver o jogo do meu time contra o Inimigo.

Torçam por mim. E, se eu não morrer, daqui a pouco eu volto.
E se eu morrer, também. Boo.

No comments

Os comentários são moderados para evitar spam. ♥