back from amsterdam + meme de ano novo

depressão sazonal pós natal.
porque é cruel ficar acumulando expectativas por um mês e meio e, no dia 26, olhar para os lados, ver as luzes sendo retiradas das janelas, os caminhões levando embora as barraquinhas dos mercados de natal, as sobras da ceia nas latas de lixo e se perguntar "mas é só isso? acabou??".

well, acabamos voltando para casa ontem à noite, ao invés de hoje pela manhã, como pretendido. estava frio demais, eu levei roupa de menos (pela primeira vez na vida) e o respectivo esqueceu de levar roupa de baixo - HAHA.

mas principalmente, creio ter escolhido a pior época do ano para visitar a holanda. no inverno, escurecendo às quatro, sensação térmica congelante devido à proximidade dos muitos canais, perdi pelo menos duas das maiores atrações da cidade: andar de bicicleta e admirar as tulipas. me sobrou admirar as "flores" do red light district (nunca vi tanta prostituta FEIA e mal encarada na vida... as "meninas" daqui de hannover são miss universe em comparação) e tecer o seguinte diálogo ao entrar numa "coffee shop":

LOLLA: oi, tem capuccino?
MOÇO: não. tem café preto e maconha.
LOLLA: ah, ok. então me vê um chiclete?
MOÇO (rindo): de maconha?
LOLLA: não... tutti frutti.
(d'oh)

tipo ALOW, eu sou turista e não sei que "coffee shop" é apelido para mercadinho de entorpecentes.
well, nem tanto. só a maconha é legal, e deve ser vendida e consumida dentro das coffee shops. os "charlie boys", negros altos e enrolados em casacos que ficam de pé nas ruas estreitas, oferecem drogas mais pesadas, mas estas são ilegais.

como eu havia dito, a luz estava horrível. o céu nublado e claro demais soterrou qualquer possibilidade de uma foto decente (assim como o respectivo, que confiscava a minha câmera de tempos em tempos, por medo de assalto). claro, há as "fotos padrão de turista" feitas nas lojas de tamancos, no red light district, nos canais, no esconderijo da anne frank (em tese é proibido usar câmera lá dentro, mas ninguém confiscou a minha), etc. mas as menos piores, coincidentemente, foram feitas à noite.


é oficial: eu quero morar numa casa-barco em algum canal de amsterdam.
mas só no verão.

e agora, seguindo a minha única tradição de fim de ano, a new year's survey:

+ o que você fez em 2007 que nunca fez antes?
mudei um animal de país.

+ Você manteve as resoluções de ano novo de 2007, e fará novas para 2008?
em geral eu evito fazer resoluções uma vez por ano (faço sempre que preciso). mas sim, eu sempre quero perder aqueles XX quilos, ficar menos tempo na internet, dar mais atenção à minha meia dúzia de amigos, aprender a fotografar, voltar a ter prazer em escrever um diário online, etc.

+ Alguma pessoa próxima teve um bebê?
não. o que é legal, porque significa menos uma pessoa deixando de falar comigo porque eu costumava dizer que não sou muito fã de criança.

+ Alguma pessoa próxima morreu?
também não. foi um ano relativamente escasso de nascimentos e mortes.

+ Que lugares você visitou?
dinamarca, suécia, finlândia, bélgica, frança, holanda, alemanha... fui bem de viagens, obrigada.

+ O que você gostaria de ter em 2008 que faltou em 2007?
um chuveiro que funcione.

+ Que data de 2007 vai ficar marcada em sua lembrança?
a chegada da chantilly.

+ Qual sua maior realização no ano?
ter conseguido trazer a miau para a alemanha e ter recebido o visto definitivo no meu passaporte.

+ Qual foi o seu maior fracasso?
ter sido obrigada a passar tanto tempo num lugar que não me faz feliz.

+ Você teve alguma doença?
além da obesidade mórbida e da falta de vergonha na cara, nenhuma.

+ Qual foi a melhor coisa que você comprou?
- leitor de cartões de memória (os cinco euros mais bem empregados da minha vida)
- minha lente f1/8 50mm

+ Que comportamento mereceu comemoração?
o meu. acho que, aos poucos, estou evoluindo.

+ Que comportamento foi deprimente?
repetindo a de 2003: o resto do mundo cabe numa só resposta?

+ Pra onde foi a maior parte do seu dinheiro?
gastos mal planejados e desnecessários. mas não reclamo; pelo menos eu tive o dinheiro para gastar mal.

+ O que te deixou realmente excitado:
a viagem para a escandinávia, talvez.

+ que canções sempre vão te lembrar de 2007?
boa: qualquer coisa do bat for lashes, kate nash, neko case, midlake, etc.
ruins: a umbrella da rihanna. ÊH, ÊH, ÊH.

+ Comparando-se com essa época, no ano passado, você está:
I. mais feliz ou mais triste? mais triste.
II. mais magro ou mais gordo? na mesma.
III. mais rico ou mais pobre? idem.

+ O que você queria ter feito mais?
explorado hannover a pé, fotografado, viajado sozinha, melhorado o meu inglês, lido mais, escrito melhor...

+ O que você queria ter feito menos?
ficar online. realmente.

+ Como vai passar o reveillon?
provavelmente nesse apartamento chato, mas farei de tudo para evitar esse destino.

+ você se apaixonou em 2007?
everyday. :)

+ Quantos ficantes?
só o fixo, thanks.

+ Qual foi seu programa de TV favorito?
aquele da mtv americana onde o pessoal filma os esportistas de fim-de-semana se fraturando todinhos. well, por essa resposta, você perceberá que eu ando MUITO sem opção por aqui. ou é mtv americana (ew), ou bbc world (eca) ou programa em alemão. wohoo.

+ Você odeia alguém hoje que não odiava há um ano?
repito a do ano passado: eu não odeio ninguém.

+ Você gosta de alguém hoje que odiava há um ano?
eu não odiava ninguém há um ano. mas há poucas pessoas novas na lista das que gosto.

+ Qual foi o melhor livro que você leu?
os travelling books do bill bryson. agradeço pelas risadas que foram a verdadeira trilha sonora do meu verão.

+ Qual foi a sua maior descoberta musical?
aprendi a gostar da kate nash apesar do sotaque, bat for lashes (a voz da natasha é linda e as melodias, assustadoramente lindas), midlake (tão flower power), e é só. acho. meu gosto musical é tão eclético quanto engessado. continuo preferindo o de sempre.

+ O que você quis e conseguiu?
chantilly.

+ O que você quis e não conseguiu?
pesar 55 quilos de novo.

+ O que voc? fez no seu aniversário?
fui comer roast lamb com o british boy e a sogra no country pub mais lindo de jersey.

+ O que teria feito o seu ano infinitamente melhor?
minha casa.

+ Como descreveria seu modo de se vestir em 2003?
sobretudos de lã (frio!), meias coloridas e botas. um estilo chique-mendiga de ser.

+ O que manteve a sua sanidade?
minha gata e meus hobbies.

+ Qual celebridade você mais admirou?
sei lá. a rainha da inglaterra.
sinceramente, espero que essa obsessão do planeta com celebridades medíocres dê uma boa arrefecida em 2008. fodam-se britneys, nicoles, lindsays e paris, fodam-se suas vidinhas, seus faux pas ensaiados e seus escândalos roteirizados, fodam-se os perez hiltons e superficials. vamos prestar mais atenção em quem nos rodeia e é, de fato, importante em nossas vidas. se é pra se espelhar em alguém, que seja em alguém com algum talento de verdade.

+ Qual episódio da política que te deixou mais puto?
a política não me deixa mais puta faz teeeempo.

+ De quem sentiu falta?
as pessoas que querem estar na minha vida, se esforçam para manter-se nela, mesmo com a distância. eu faço o mesmo. quem não se esforça não merece o meu esforço, tampouco a minha saudade.

+ Quem foi a pessoa mais legal que você conheceu?
reencontrei pessoas na internet, conheci as meninas do fórum de dolls, a alemãzinha anna aqui em hannover... não posso escolher uma só. :)

+ Diga uma lição valorosa que aprendeu em 2007:
são duas:
1. seja mais egoísta e pare de oferecer a outra face: você não é jesus cristo.
2. existe quem mereça a outra face. e uma mão estendida, nem que seja para levar um tapa também e acordar para a vida.

No comments