london london


Meus pés e os da Flávia. O meu tênis não é uma fofura-rosa-pink?
Mas apertei demais o cadarço num dos pés. O tecido começou a roer a pele extra fina dos meus pezinhos de princesa e tive que adentrar enlouquecida uma Marks & Spencer em Marble Arch, implorando pra comprar um par de meias com um tiozinho que só sabia me informar que "a loja está fechando, por favor SAIA". Mas papai do céu ouviu minhas preces e fez descer um anjo em forma de uma senhora redonda, que me trouxe um pacote de 5 meias, me levou até o caixa, me cobrou 3 libras por ele e me deixou colocá-las sentadinha em sua cadeira. JOY. Pude andar até o metrô em paz sem chegar em casa com o pé direito pela metade.


Cabelo na cara da Flávia e água suja do Tâmisa à parte, o Relojão nunca falha em impressionar. É tão maior e mais imponente ao vivo. Ventava muito nesse dia, de modos que nenhuma foto saiu minimamente decente. Anyway, eu não estava mesmo in the mood pra tirar foto - na maior parte do tempo, deixei a câmera trancada no cofre do hotel e fui ali viver. E me empanturrar de comida japonesa no processo.

Visitei a meio irmã do British Boy. Que, por acaso, vem a ser a famosa "vovó da scooter de Surbiton" e tem até um grupo dedicado a ela no Facebook. Ela me deu tortillas españolas pra comer e tipo, o P-E-O-R café que já tomei na vida (só de pensar me dá ânsia de vômito - só não vomito por medo de regurgitar aquele café de novo e re-traumatizar). Mas também me mostrou suas bonecas antigas e falou mal da mãe do irmão. Delícia.



Flavinha é uma menina feliz e saltitante quando tem liquidação na Lillywhite's:



Eu sou uma menina feliz e saltitante comendo feijão + guaraná no boteco do Luís. A "selva amazônica" em miniatura e a vista para a mais-que-caótica Oxford Street estavam incluídas no "pague 7,50 e coma o quanto quiser".



Vista do meu quarto, à noite. A coisa redonda à esquerda é a London Eye, e a primeira coisa amarelada e pontuda à esquerda é o Big Ben. Ok, a foto está borrada e é pouco impressionante. Mas me sentar na mesinha de cabeceira (para alcançar a janela aberta e o vento que entrava por ela) com as luzes apagadas, comendo Pocki e curtindo o barulho do trânsito era BLISS.



Wasabi. Yakisobas e sushis honestos e, pra quem fica no básico, bem mais barato que o Defune.
Pena que eles costumam GUARDAR AS MESAS E CADEIRAS na hora do almoço. Tipos, q.



British Boy em Piccadilly, sentado na escadinha da estátua de Eros, esperando Miss Flávia.



Starbuckão de fé e seu café overpriced. Mas sempre lá.



Flavia's idea of "being photogenic". LOL.



Burlington's Arcade.


De resto, eu quero apenas essas botas, que encontrei enquanto fuçava o Objetos do Desejo. Esgotadíssimas no site, inclusive. Pena que não são "designer", senão daqui a uma semana já existiriam cópias dando sopa por 10 paus na Primark (a loja "povão" daqui, de onde saí carregada de meias e calcinhas baratas na semana passada). Olha que fofas (eu preferia sem salto, mas nada é perfeito):






Imaginou-as calçadas por cima de meias calças coloridas? I did. And I want!

No comments

Os comentários são moderados para evitar spam. ♥