Jeri Moon.

Jeri Moon, o jerimum da Lolla Moon, chegou semana passada. Já está devidamente carved, mas ainda não fotografei o resultado. Mas ele já era lindo e perfeito antes mesmo de ganhar suas feições fantasmagóricas:


Falta apenas esperar anoitecer, acender tealights dentro do Jeri e colocá-lo na soleira da porta. E pau no coo dos nacionalistas extremistas terroristas com aqueles cartazes cafonas e estúpidos bradando que Halloween é "bruxaria" americanizada e não deve ser comemorado no Brasil. É preciso ser bastante imbecil para comparar tradições pagãs com bruxaria e mais imbecil (e arrogante) ainda para querer mandar na livre circulação cultural pelo mundo. Por que brasileiro não pode brincar de Trick or Treat? Porque nacionalista com TPM não gosta. Mas gringo vir sambar no carnaval e encher o rabo do Brasil de dinheiro pode, certo? Ok.

Ano passado eu estava na Alemanha e, apesar da presença maciça de góticos no país (que brotavam pelas gramas das praças, vestindo preto das botas ao batom, fofíssimos) e das lojas tentando vender morcegos de isopor e aranhas de plástico, não vi muita movimentação. Mais ou menos como é na Inglaterra. Os EUA continuam encabeçando a lista dos países que realmente dão importância à data.


Como eu moro no countryside (sem calçada ou luzes na rua), é raro alguma criança se aventurar por essas bandas pedindo doces. Isso só aconteceu UMA vez, onde os dois filhos do casal que mora na rua de cima bateram aqui na porta, devidamente acompanhados por papai e mamãe (que esperavam dentro do carro). Os meninos estavam super cute vestindo fantasias de diabo e esqueleto. Infelizmente, apesar do Jack O'Lantern aceso na porta, não tínhamos nenhum doce em casa porque não esperávamos criança alguma. O jeito foi encher as sacolinhas dos garotos com saquinhos de batata frita; eles obviamente adoraram, mas os pais (a mãe especialmente, já que as mulheres daqui são meio paranóicas com alimentação infantil) devem ter me odiado...

Esse ano resolvemos o problema com uma caixa enorme de chocolates (da qual Respectivo já fez o favor de comer 50%) e biscoitos. Vamos ver se alguém aparece; caso contrário, Respectivo vai poder parar de lançar olhares lânguidos para a caixa de Celebrations e, feliz, abocanhar o restante.

No comments