Coisas que não entendo.



Marmelada. De LARANJA. It doesn't sound right.
Porque no Brasil a gente tem a fruta chamada MARMELO e convencionou-se chamar de "marmelada" o doce feito com ela. Mas existe marmelo na Inglaterra, também; só que ele se chama quince e seu doce, "quince jelly". Erm.

SEMPRE que vou comer em algum lugar (principalmente o famoso - e tão desprezado pelos brasileiros - english breakfast) e eles nos trazem aqueles potinhos pequenos de "orange marmalade", "lemon marmalade"... eu balanço a cabeça. E, mentalmente, começo a cantar:

"Marmelada de banana, bananada de goiaba
Goiabada de marmelo
Sítio do Pica-Pau amarelo"

Foto feita na janela da cozinha da sogra, na casa onde morei por um ano (antes de a véia vir para Jersey), esperando a reforma da nossa casa ficar pronta. A casinha fica acima da garagem mas, como o terreno é em aclive, ela tem um jardim convencional atrás (a geografia aqui é meio complicada, porém interessante). Da janela da cozinha (onde está o pote de marmelada) e da varanda da frente, tem-se uma visão completa da frente da minha casa, e eu passei aqueles mais de 12 meses observando de lá o desenrolar da obra, louca para que ela acabasse e eu pudesse, enfim, começar a criar o meu lar.

Essa foto aí embaixo foi feita na varanda da sogra e, ao fundo, a fachada da nossa casa. Dá pra ter uma noção do quanto é perto, né?


E, por fim, mudando de alho para bugalhos; o que fazer com os seus potes antigos de Bonne Maman? Reciclar, lógico. São bonitos demais para se jogar fora, o vidro sextavado, a tampinha com cara de toalha de piquenique. Eu uso os meus para guardar coisas belas. Como, por exemplo, as flores de fita que fiz:


Pronto, os potes já têm uso.
Falta eu achar alguma utilidade prática para as flores; sugestões?