verdades de bolso.

"Cuide de si mesmo. Se está doente, fale com um médico. Se está triste, procure um analista ou converse com um amigo. Se está infeliz no amor, termine. Se está de saco cheio com a sua aparência, compre uma camiseta nova ou pare de comer queijo. Se tem um problema, tente consertá-lo. Muitos problemas são complicados e exigem um bocado de trabalho, ou tempo para resolver, mas depois de alguns meses de reclamações e nenhuma solução, as pessoas ao seu redor vão começar a se perguntar se você na verdade gosta dos problemas pela atenção que você recebe. Desabafar, tudo bem; inércia combinada com biquinho, não. Entediado? Vá ler uma revista. Com raiva de alguém? Então diga - para esse alguém. Mudar é difícil; uma pena. Esforços contam. Faça um. O plantão da sua mamãe já acabou faz tempo."
(tomatonation)

"E eu declaro que minha vida não é mais interessante, e então culpo a cidade, o emprego, os amigos. A verdade é que o problema sou eu. E estou tentanto me entender e descobrir quem sou, mas quando finalmente descubro, já mudei o plano inteiro."
(modest mouse)