Right now, at home.

A gata já encontrou o seu lugar favorito ao lado da lareira e os enfeites da árvore já começaram a sair das caixas.




A guirlanda (feita em casa, nem tão bonita e colorida como as que vi pelas lojas, mas bastante especial por motivos diversos) já foi pendurada na nossa simpática portinha azul.


A árvore já ganhou outras decorações depois dessa foto e agora mal se pode ver o verde, haha.


Fiz o meu chazinho natalino e com ele estreei meu bule vermelho de polka dots.



As velas Yankee já tem um motivo extra pra se espalhar pela casa.


Estou curtindo minha bolsinha anos 80 encontrada por 3 libras na Oxfam.






E desempacotando coisas de meses atrás e que eu já tinha esquecido... É como descobrir presentes debaixo da árvore.


Meus pais já estão em Jersey, me deixando meio louca mas acho que faz parte do processo. :) Amanhã beeeem cedo (argh) pegamos o vôo para Hannover, onde um mar de obesidades culinárias e 18 graus negativos nos esperam.

Tentarei voltar aqui antes do natal (estou atolada, nota-se; onde estão as fotos de Londres, de Paris, os posts com dicas de produtos de beleza que prometi há meses, etc.?), mas, se não for possível, fica a única mensagem que posso dar (já que não sou cristã, nem sentimental): COMAM BASTANTE. Me revoltei a ler o artigo de uma nutricionista britânica ensinando às mulheres (porque é claro, engordar só é problema se você tem dois cromossomos X) a passar fome com classe no Natal, a fim de evitar os inevitáveis quilos a mais em janeiro. Sinceramente? Se o preço de não ter que começar janeiro fazendo dieta é passar Dezembro bancando a antisocial em festas, recusando todos os canapés e bebidas oferecidas e me privar de saborear comidinhas sazonais com meus amigos e família... Pode trazer a rúcula, mas só daqui a um mês. Por enquanto, declaro abertíssima a "Temporada de Entupimento de Artérias 2009/10". Beijos.

No comments