garimpo

Achados de farmácia: o "Mosaic Glow" de marca desconhecida, menos de dois dinheiros na Boots. Na verdade se trata de um bronzer, coisa que eu sempre jurei jamais passar no rosto (visual "saúde" não combina com a minha personalidade; o fato de ser morena me impede de adotar o look Mortícia). Mas enfim, duas libras. Embalagem bonitinha e brilhosa. Mosaico de cores. Fiquei curiosa.





E gostei ! Dá um arzinho de "acabei de chegar das minhas férias em Mustique", além de um leve toque prateado. Não sei onde estou com a cabeça - geralmente odeio cara queimada de sol ou qualquer coisa com brilho ou glitter no rosto. Eu tô bem amarela no momento (viva o inverno europeu) e acredito que esse bronzer vá ficar ainda melhor quando eu estiver no Rio e, forçosamente, com "cor de saúde". Rárá. Porque eu não fico com "cor de saúde"; a única coisa que o sol consegue fazer comigo é me deixar manchada. Eeeek.

Além do bronzer, trouxe essas duas sombras + blush da Natural Collection e esse esmalte da Bourjois. A Natural Collection é a linha "preços populares" da Boots, e os três potinhos custaram menos de cinco dinheiros. Ok, a embalagem é uma merda; mas o blush é uma maravilha. Faz tempos que eu estou querendo testar blush rosa no meu tom de pele, mas não estava a fim de comprar um produto caro para depois descobrir que não, eu definitivamente não combino com a cor. Daí peguei esse baratex aí embaixo e gostei tanto dele que nem vou comprar o carésimo da Guerlain em que eu estava de olho. Ok, talvez eu compre - mas só quando esse aí acabar.


Pena que não deu pra dizer o mesmo das sombras. A clarinha, em particular, é muito fraca. E a fixação é péssima (eu não uso primer de pálpebra porque né, pelamor). A marrom eu estou usando pra definir a sobrancelha (funciona bem), mas da próxima vez comprarei sombras da Revlon - boas, bonitas e relativamente baratas. O esmalte: achei a cor muito escura na unha (apesar de mais clara do que aparece na foto; luz ruim, desculpem). E, como eu estou numa fase tom pastel em termos de esmaltes, não sei se vou usar muito . Fora que é uma bitch tirar esmalte escuro do dedo.

Também adquiri esses potões de Tresemmé na promoção (que ajudam a deixar meu cabelo pelo menos apresentável) e esse shower gel de morango (o cheiro é uma delícia); meio litro por 1,99.


Praticamente as duas únicas coisas que me fazem adentrar a Body Shop (tenho uns perrengues ideológicos com a marca, assunto pra outro dia): esse gel de banho de morango que tem um cheiro ainda melhor do que aquele lá em cima (e esse, que não faz tanta espuma, eu uso no chuveiro - o potão lá em cima é pra despejar na banheira) e o gel facial Tea Tree, que eu uso pra lavar a cara pela manhã e mandar a oleosidade da minha pele mista ir passear em Neverland. Ele é bem mentolado e deixa a pele limpinha e fresca. Os esmaltes neon-with-lasers? Comprei na Boots e já foram pro Brasil num pacote pra Marya - espero que dessa vez chegue, já que a última vez que tentei mandar esmalte pro patropi foi um absoluto e retumbante FAIL. Flamingo Pink da Barry M e Spangles da Hot Looks.


O casaquinho de cashmere vintage eu achei na Rokit em Camden. Amo cashmere, a maciez e a sensação de conforto quentinho são incomparáveis; mas paga-se o preço pelo esforço de tosquiar os cabritinhos chineses especiais que produzem a fibra. E é pra isso que servem brechós: pra comprar cashmere de boa qualidade e por uma fração ridícula do preço que ele custou quando saiu pela primeira vez de uma loja. :) De lá também veio a camisola, que eu aliás usei por baixo do cashmere como se fosse um vestido. Os brincos com cara de coisa de avó vieram da liquidação de natal da Miss Selfridge, uma das minhas lojas preferidas no mundo.


Yes, nós temos calcinhas da Primark! :) Essas são, na verdade, shortinhos em estilo masculino. Gostosas de usar, confortáveis, não marcam nem sobem. E tudo isso com direito a estampa fofa e trocadilhos double entendre. O que mais você pode querer?

No comments