new year's walk

Mini caminhada de ano novo. Fui procurar uma casa de fazenda em ruínas que adoro (faz mais de três anos que não passo por lá) mas não encontrei. Esqueci qual era a entrada, passei por ela sem ver e segui andando. Minhas mãos congelaram quando cheguei ao cais. Vento frio vindo da praia, um cachorro cavando maniacamente a areia, fiquei lá sozinha, a baía de Rozel só pra mim, lendo o menu pintado nas paredes do Hungry Man. Os músculos do rosto enrigeceram e eu falava com a boca meio torta.

















No comments