Pretty things.

Em se tratando de bolsas, preciso dessas na minha vida:


Pelo que entendi você escolhe o modelo e o tipo de estampa (a menos quando ela já está estampada); todas as bolsas são vintage. Não são baratinhas, mas pela originalidade devem valer o investimento.

Porta eletrônicos em forma de bichinhos coloridos (e à prova d'água) da Wiggle Tiggy. Tem para câmera digital, iPod, iPhone, PSP, Nintendo DS e todo o resto; eles mandam para qualquer lugar.



Não gostou desse modelo? Que tal os cozies da Yummy Pocket? Tem tanta coisa adorável que foi impossível escolher um só:


A londrina Sarah decidiu dar um chute no mundinho corporativo e no seu emprego de nove às cinco e se dedicou a lidar com o que ela realmente gosta: tralhas. Rata de brechó e lojas de coisas usadas, ela tem um bom olho pra garimpar peças diferentes (de mobília, vestuário, decoração e coisas tão enlouquecidas que não cabem em categoria alguma) e usa uma parede da sua casa como vitrine; as peças são arrumadas, fotografadas e expostas no site (ela também vende em casa e você pode ver a parede ao vivo se estiver pelos lados de Notting Hill).



Tudo na parede está à venda (menos o que já foi vendido, claro) e, segundo ela, "nada na casa é sagrado", podendo ir parar na parede-vitrine a qualquer momento. Desapego é isso aí.


E aí vai o mix da semana; complementa bem o mood "fundo do poço" que domina por aqui. Domingo é o dia das mães aqui na Inglaterra (por algum motivo diferente do resto do mundo, que celebra a data em maio), e vamos chamar a sogra para almoçar. Ainda não pensei num presente, mas o fato é que ela é difícil de presentear e, quando não gosta, diz na cara (ah, a sutileza finlandesa...). Bem, pelo menos vai haver bolo; não tive muita sorte com os biscoitos, mas me garanto no meu lemon drizzle cake

Bom weekend para vocês, peoples. :)

No comments