El Tico

A páscoa aqui é diferente. Para começar, nada de supermercados com o teto enfeitado por zilhares de ovos de páscoa cor-de-rosa da Barbie/Hello Kitty/Gaiola das Popozudas (brincadeira, mas vai que alguém resolve ter a idéia? Medo do que vamos encontrar dentro do ovo).

Os ovos aqui vêm em caixas para facilitar o estoque e é assim que eles são dispostos civilizadamente nas prateleiras das lojas. Nada sequer parecido com o turbilhão chocolático em cores fluorescentes e vastas metragens de papel celofane que invade o Brasil. Aqui ninguém faz fila, sai na porrada, chora quando o ovo preferido do filho está fora de estoque e espera até o fim da páscoa para comprar os ovos quebrados com 80% de desconto - e aproveita pra sair na porrada de novo. As pessoas se encaminham à loja, escolhem um ovo qualquer para cada um dos filhos, pagam no caixa e voltam para casa.

Civilizado ou chato? Você decide.

A páscoa inglesa é uma celebração mais delicada e bucólica, porém levada a sério e incluindo todo um ritualzinho dominical com hot cross buns no café da manhã, as crianças indo caçar pequenos ovos de chocolate espalhados pelo quintal, algum tipo de assado para o almoço, seguido de bolo de chocolate na sobremesa. Quer dizer, assim os comerciais de ocasião das redes de supermercado nos informam que deve ser. Se alguém se dá ao trabalho de fazer tudo isso eu não sei - talvez sim, já que as mães daqui são obcecadas por perfeição. Até consigo imaginar as senhoras surtando porque o ovo de chocolate que o marido comprou não é orgânico e tem 0,001% de açúcar a mais do que o recomendado.

O meu feriado de páscoa foi celebrado por aqui mesmo, já que eu estava em tratamento médico e não podia me ausentar. Almoço de sábado no El Tico, um beach café na praia de St. Ouens.



Seafood do Respectivo.



Meu chicken curry - POR QUE TÃO POUCO ARROZ, MEU DEUS.


Não ligo pra sobremesa mas difícil resistir ao Sticky Toffee pudding do El Tico.

No comments