Happy Halloween.

Se eu não me canso de fotografar as mesmas coisas todos os anos?
Não. Nem um pouco. :)





































Esse ano eu não esperava visitar o Pumpkin Patch em Jersey, mas por acaso estive na pequena ilha duas semanas antes do dia das bruxas e pude apreciar a decoração anual em toda a sua glória. Muita coisa é reaproveitada de ano para ano, mas às vezes surgem novidades e mesmo os velhos itens de sempre são apresentados com uma roupagem diferente. Tudo isso para vender algumas abóboras.

Acho que o Halloween é a única época do ano em que eu gostaria de estar numa cidade pequena dos Estados Unidos, onde o feriado é celebrado com festas temáticas espalhadas pelas vizinhanças com direito a teias de aranha fake e esqueletos iluminados saindo de caixões. Na Inglaterra ou você tem cinco anos e um baldinho plástico em forma de Jack-o-Lantern ou tem dezoito e uma fantasia de bruxinha sexy, enfermeira sexy, zumbi sexy e demais subversões do mesmo tema. Minha idéia era confeccionar uma farda da SS para a noite de hoje, mas é claro que eu seria mal interpretada. Se uma criança sai por aí fantasiada de diabinho ela não está, necessariamente, fazendo apologia ao satanismo e nem ofendendo cristãos. Mas se eu me vestisse de oficial nazista, as pessoas concluiriam que eu estava fazendo apologia ao holocausto e ofendendo judeus - quando na verdade eu estaria apenas usando um uniforme que representava algo mau. Não era essa mesmo a idéia do dia?

Relaxem, crianças - era brincadeira. ;)

Feliz Dia das Bruxas, e boa sorte lidando com os espíritos - especialmente os de porco, que não esperam o dia 31 de dezembro para se manifestar.