Still too young to fail

“Sábado. Quinze minutos pra uma da madrugada.

A noite não está sendo legal com você. Sem sono, sem fome, sem vontade. A pessoa que viria formatar seu HD mais cedo ligou avisando que só vem amanhã. O que estava esquematizado furou, e agora você está lá, perdida e sem saber exatamente com o quê preencher o tempo que ficou vago. Liga para a única pessoa que sabe que também vai estar acordada:

Lolla: Tá fazendo o quê?
BFF: Nada. Vem pra cá ouvir programa de flashback.
Lolla: Opa, NEM É. (que no nosso dialeto significa uma maneira irônica de dizer JÁ É).

Uma e três da manhã. A chuva acabou de acabar, mas faz frio. Casaco, guarda chuva dentro de uma sacola plástica do Carrefour. Calça de moleton, chinelo, camiseta da C&A ("fashion girl”, lol), bilhete pra mãe na porta da geladeira (nunca se sabe), there she goes. Quinze minutos depois meu dedo na campainha. A voz masculina imitando mulher sai do interfone:

“Boa noite… Bem vindo ao Atendimento Online da "Funerária Só Falta Você”. Estamos de portas e caixões abertos para recebê-lo todos os dias, das oito da manhã às cinco da tarde. Temos os melhores preços e planos de pagamento para sua comodidade nesse momento tão difícil. Para reservar seu esquife e deixar suas medidas, disque 1. Para solicitar catálogo com cores, modelos e tamanhos apropriados, disque 2. Para reclamações, disque 3 (atenção! não aceitamos devolução de produtos usados). Para falar com um de nossos atendentes, olhe para trás…“

E você, que já está rindo, comete a imprudência de olhar para trás (nunca se sabe). Ninguém, é claro. Nesse instante, o berro explode do aparelho:

"AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHH!!!!!!!!”

E você dá um pulo de um quilômetro de altura, xinga meia dúzia de palavras feias e, quando consegue entrar, depois de estapear o comediante, passa a madrugada bebendo pepsi (ARGH) com vodca, comendo biscoito de água e sal com geléia, ouvindo David Bowie e tirando cochilos em meio a papos surreais como “será que os animais têm signo? será que eles têm uma Zora Yonara?” ou “será que alienígenas fazem filmes com humanos saindo de dentro de foguetes da NASA e ameaçando destruir a civilização deles com bombas atômicas e músicas da Kelly Key?”

Não quero que você se mude pra SP. Não quero.“

Outro dia achei esse rascunho de um blog de 2002 (?) e guardei para publicar hoje, no dia do seu aniversário. 13 de Setembro, e a gente sempre torcia para que caísse numa sexta feira - por motivos de sexta ser dia de farra, não por superstição. Você, de fato, não foi para São Paulo; foi pra mais longe ainda, de volta para a terra dos seus pais, dos seus avós e bisavós, um lugar que você dizia detestar: "só a comida presta”, e eu secretamente ria, sabendo que exatamente por isso você estaria feliz lá.

I really hope you are.
Miss you, sweetie. Happy birthday. x

No comments