Bittersweet.

Sempre que volto do shopping de busão passo por essa fachada e fico torcendo para que o sinal esteja vermelho e eu possa admirá-la por mais do que apenas alguns segundos:



O sábado foi dedicado a english sausages + bacon no Log Cabin Café e muita escavação no jardim selva.









Afofamento de gatos:



Foi também um dia de introspecção e reflexão. Estou atravessando uma daquelas fases, que felizmente vai embora tão rapidamente quanto chega. Mas enquanto estiver por aqui é preciso auto-análise. E agradecer por toda a bosta que eu não preciso mais engolir na vida, o que faz com que os pequenos incidentes desagradáveis sejam encarados com perspectiva. Para conseguir ser feliz na vida que eu tenho é preciso aceitar a que eu não tenho - porque ela até poderia ser melhor (ou não?), mas também poderia ser muito, muito pior.

Even in the middle of the winter we must realise there’s a garden inside that needs tending.



E apesar de alguns momentos amargos…



(faltou uma apóstrofe ali?)



E conforme me foi solicitado no instagram, receita da queijadinha sem (muitos) carboidratos:



1 ovo, uma colher de sopa cheia de cream cheese, duas colheres de sopa de leite de coco, duas colheres de sopa de coco ralado (sem açúcar, pfvr), 20-30 gotas de adoçante líquido, fermento, 3 minutos no microondas (potência alta). Voilá! Fica bem comível e sacia o desejo por doces de quem faz restrição de açúcar/farinha. A receita pede que se leve à geladeira, mas eu comi quente mesmo porque: sim. :)



E agora de volta ao jardim. Plante, Lolla, plante… ;)

No comments