That was the week that was.

Sentindo frio de casaco dentro de casa. Que sensação indescritivelmente maravilhosa.

Prefiro tomar banho no inverno do que no verão, porque aqui não faz calor a ponto de uma chuveirada ser aquele alívio na suadeira, mas no frio banho vira um ritual de hedonismo barato com direito a banheira quentinha + vela perfumada da Ikea + café com creme + música no Spotify + meias felpudas da Primark. Menos de cinco dinheiros pra ser feliz. E depois o cheiro mais reconfortante do mundo: loção baby Johnson’s. Pode não ser o melhor hidratante do planeta, mas deixa a pele macia e com um perfume que além de tudo é calmante.

Mais tarde, pão integral low carb (um ovo + duas colheres de sopa de farelo de trigo + uma colher de sopa de óleo + sal + temperos à gosto) quentinho com manteiga (ou requeijão) e um livro novinho pra começar. Não entendo quem só consegue ser feliz no verão.

image

Vela aromática ancestral da Ikea. Perfume intenso, qualidade bem melhor do que as que eles produzem ultimamente. Achei três numa das caixas da mudança e as bichinhas estavam até meio oleosas, desprendendo essência durante anos de abandono. Se não me engano elas vieram de Bristol em 2005, quando comprávamos coisas para a casa que estávamos começando a arrumar. Nove anos.

Achei três, já queimei duas. Eis a derradeira

image

image

Duas coisas que se fazem muito aqui nessa casa ultimamente: chá e bagunça. Mal posso esperar pra essa “mudança” acabar logo.

Inacreditáveis 20 graus no meio do outono, nuvens desfiando-se todas por um céu de brigadeiro, eu maldizendo a idéia de ter colocando uma camiseta de manga por baixo do vestido de lã. Beautiful end to a somewhat shitty month.

image

image

A parte menos beautiful foi, como sempre, o atendimento no Caffé Concerto. Não sei por que insisto. Nem por que eles insistem em contratar essas moças do leste europeu que parecem ser alheias ao conceito de saudar a clientela com um sorriso, por mínimo que seja, retribuir o “hello!” e não agir como se trabalhar ali fosse o maior infortúnio de todos e cada cliente apenas mais uma inconveniência. De verdade, eu SEI como é chato ser antisocial e ter que bancar a Miss Simpatia no trabalho. Mas se você quer trabalhar no setor de HOSPITALIDADE é necessário aprender a arte da falsidade e do sorriso hipócrita, porém convincente. Do contrário eu fico chateada, você não ganha gorjeta e, se as reviews do estabelecimento no FourSquare e Trip Advisor continuarem a chochar o azedume das garçonetes, você pode ir parar na rua. E nós não queremos isso, então por favor, da próxima vez não jogue o prato na minha mesa como se eu fosse uma detenta recebendo o prato de angu do dia na minha solitária? Grata.

À noite tivemos festejos halloweenicos numa casa grande no centro, onde eu ameacei não ir porque não queria sair da dieta com doces. A solução foi inusitada: meu amigo, sem me avisar dos planos, me trouxe uma bandeja de LINGUIÇA.

- Eu trouxe uns chocolates e só posso beber vodca.
- Eu acho que ele trouxe linguiça pra você.
- Haha, ele é zuão.
- Não, acho que não é zuera, ele trouxe linguiça mesmo.
- Gente, ele não ia trazer LINGUIÇA pra uma festa, né? É brincadeira.

image

Não era. Uma bandeja com UM QUILO de linguiça apimentada de vaca (!) se materializou em cima da mesa, junto com uma garrafa de vodca da boa. A festa era mais do mesmo: música ruim e gente chata bêbada/drogada/ambas/apenas bêbada e chata mesmo, por isso ficamos no conservatório (onde havia uma TV, um sofá florido da Ikea e um gato felpudo tirando um ronco embaixo da mesinha de centro) assistindo Splash (1984! 30 anos desde que Daryl Hannah saiu do mar pelada, pegou um táxi e foi parar na Bloomingdale’s) e fatiando linguiça com uma faca imensa de açougueiro e bebendo vodca misturada com diversos tipos de bebida sem açúcar. Mais low carb, impossível. ♥

E assim se foi Outubro. Mês perdido entre caixas e muita poeira, uma caçamba estacionada na frente da casa e muitas idéias para os próximos meses. Mun-rá give me strenght.

image

image

O caminhão da mudancinha chegou, e com ele esse céu depois da chuva. ♥

image

Halloween pelas ruas.

image

Roubando o pastel de nata alheio pra fazer foto pro instagram. :D

image

No carro, tendo idéias e vendo a cidade anoitecer.

image

image

image

image

Comecei o dia no shopping, terminei jantando numa filial semi-vazia do Café Rouge em Weybridge esperando o engarrafamento LETAL na M25 morrer.

image

image

image

image

Conseguiram fazer arte na espuminha do meu Americano - que não leva leite, e por isso eu fiquei boquiaberta. O bife estava gostoso. Não tem foto. :)

Coisas que eu acho nos supermercados aqui:

image

image

1. Uma lata de corned beef, supostamente feita no Brasil, com o nome da cidade capital do condado do Devon e que ainda por cima é “halal” (o método de abate de animais aprovado pelo islamismo). Que mistura!

2. Sopa com sabor de… cock. I say no more.

image
Have cat? Have box? WILL have cat in box. :)

No comments

Os comentários são moderados para evitar spam. ♥