Pride London 2015

image

Junho passado eu estive na Pride London pela primeira vez. O clima estava super festivo, especialmente por conta da aprovação da lei regularizando o casamento gay nos EUA que numa feliz coincidência se deu na véspera da parada londrina. Enquanto vocês estavam trocando seus avatares loucamente nas redes sociais por versões coloridas eu estava em plena Oxford Street sacudindo bandeirinhas, ganhando pirulitos do Buzzfeed e pintando a cara de arco íris. ♥

Eu já havia participado de outras Prides (no Rio de Janeiro) e devo dizer que o modus operandi aqui é BEM diferente. Tudo muito mais "sério", mais organizado, porque é claro que o Brasil ainda está engatinhando em termos de justiça social e a Inglaterra já vem debatendo essas pautas há décadas. Ok, no Brasil o desbunde é maior (e divertidíssimo), o foco é no lado sexy e debochado, como se houvesse um sentimento de "somos discriminados e vamos chutar o pau dessa barraca!" enquanto que aqui a parada traz famílias gays desfilando com bebês em slings. No Brasil temos um grito indignado de protesto; aqui temos a celebração de direitos conquistados. E todo um lance "corporativo" que eu achei bonito de se ver: os principais bancos (HSBC, Barclays, Lloyds, Natwest, etc), serviços públicos (bombeiros, polícia, paramédicos, militares), empresas e lojas (Apple, Starbucks, Bodyshop, academias de ginástica, supermercados), grupos religiosos, partidos e organizações políticas, Anistia Internacional, portais da web, consulados e embaixadas, times de futebol - you name it; estava TODO mundo lá. ♥

Foram mais de 250 delegações, muitos brindes distribuídos (revistas, bolsas, pirulitos, protetor labial, bandeirinhas, apitos, garrafas de água, etc), muitos adesivos colados na minha cara, muitas cores e shows pelo Soho e em Trafalgar Square ao final da parada. Fiz um monte de fotos (de celular ou extrapolando a boa vontade do zoom da minha câmera portátil) e hoje dei conta de que, exceto no Snapchat ou numa breve aparição no Instagram, elas nunca saíram do HD. Então SEGURA, BERENICE que lá vem o arco-íris! (haja wi-fi)

Teve muito double decker bus. ♥

image

image

image

image

image

Os religiosos LGBT e simpatizantes:

image

image

image

Judeus, católicos, protestantes, hindus, sikhs, todo mundo. Deus É amor. :)

Delegação da aplaudidíssima embaixada Norte Americana em Londres; geral em êxtase por causa dos desdobramentos da véspera.

image

As mina do rollerskate:

image

As drags/travestis/trans:

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

As figuras:

image

image

image

image

image

image

image

O desfile da ala gay da polícia metropolitana - uma das delegações mais aplaudidas. :)

image

O corpo de bombeiros marcando presença:

image

Muitas crianças e famílias rainbow:

image

image

Muitos pets simpatizantes:

image

image

image

image

(esse aqui estranhou o tumulto, haha)

Os boy magia:

image

image

image

image

image

image

Os gatos trans:

image

A galera:

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

Stonewall chegando:

image

image

image

E muitas cores.

image

image

image

image

image

image

image

image

image

E depois de uns sacodes no Soho fui voltando sozinha pela Oxford Street pós-parada, o confetti colorido se amontoando no meio-fio e a luz de fim de tarde tingindo tudo de dourado. Parei pra comer um burrito e tomar uma cerveja no Benito's e enquanto via o sol se pôr, curti aquela sensação bacana de estar num lugar onde o respeito pelas pessoas está acima das diferenças e onde o direito de amar e de ser livre para ser quem você é pode ser celebrado por todos, sem distinção. ♥

image

Love is a human right. ♥

No comments

Os comentários são moderados para evitar spam. ♥