That was the week that was



01. Esses pequenos crocuses que estão começando a brotar, mas que não deram muito certo: note a folhagem esturricando. Deve ser o aquecimento central/menos rega do que necessário (mas se regar demais os bulbos apodrecem). Não tenho como saber, e ano que vem vou comprar bulbos já brotando. Um stress a menos na vida, não é mesmo?



02. Vantagens de morar em subúrbio: cinema de subúrbio. ♥ 4 libras não paga nem a pipoca no West End. Andei fazendo uso da proximidade de um deles e fui assistir Danish Girl (cute, Alicia Vikander liiiinda, but meh) e The Ravenant: duas horas e meia de vísceras, flechas, tiros, neve e o sotaque inescrutável do personagem do Tom Hardy. Esse é o tipo de projeto todo trabalhadinho no desafio pessoal que a academia adora premiar. Se não levar agora, Leo, só daqui a 30 anos pelo “conjunto da obra” viu.



03. Plantinhas voltando a ocupar o banheiro. ♥



04. Arrumando as gavetas e tentando encontrar lugar para as coisas (sou a maior hoarder das galáxias, Marie Kondo totalmente me despreza) me deparei com essa cena bizarra de corpos descabeçados e uma solitária cabeça de Jack. Adoro esses vignettes da vida diária que não fazem o menor sentido fora de contexto. :)



05. Eu quase não gosto de onigiris do Wasabi. Quase. Risos.



06. Esse porta esponja/detergente/escovinhas/tudo-o-mais que resolveu a minha vida e encerrou um longo ciclo de usar potes/caixas/cestas não apropriadas para a tarefa. May it last. :)



07. Essa pequena senhorinha, que está dodói (doença renal crônica), manhosa, inspirando cuidados e preocupação. Ela não vai ficar curada; o foco aqui é controlar a progressão da doença e a manutenção da qualidade de vida. Já está comendo ração especial (e odiando, risos) e em breve vai começar terapia de fluidos. Meu coração está despedaçado e a caminhada pode ser difícil e certamente é imprevisível, mas espero que qualquer que seja o tempo que ela tenha de sobra conosco seja vivido da melhor forma possível. This kitty has been my friend for the best part of 16 years. She doesn’t deserve any less.



- Retired nomads (o drama de idosos norte americanos que chegam à idade de aposentadoria sem economias para se manter e vivem em motor-homes).
- Dicionário das tristezas obscuras.
- Desconstruindo a maternidade romântica.
- Eu adoro esses canais de “food challenge” mas não consigo acreditar que essa micro menina tenha comido 60 hambúrgueres. Pense em 60 hambúrgueres empilhados. Nem mesmo cabe.
- Dicas visuais (e kawaii) sobre como fazer as malas.
- Numa semana onde muito se falou de Barbies realistas
- Chocada com esses bordados maravilhosos. ♥
- Velhinho, mas esse texto da Mindy Kaling que só queria um namorado é bom demais.
- Para as ratazanas de Pinterest se sentirem representadas.
- Instagram da semana: Notes to my selfie (sim, no geral eu detesto esse tipo de conta no IG, mas esse às vezes faz valer a pena).
- Louca pra fazer esse bolo/pão de maçã vegano (as passas são opcionais, viu, internet).
- Mais um blog de home decor bacaninha vai pra coleção.

No comments