To brighten up those dark days.

Ir dormir na sexta feira pensando que a semana finalmente acabou.
Acordar cedo no sábado e lembrar que há um fim de semana inteiro pela frente.
Mudar o alarme e, ao invés de barulhos estridentes, acordar com música.
Pegar jornal de domingo dobradinho, pesado e ainda quentinho do sol da banca.
Aproveitar e trazer uma baguete fresquinha da padaria. Vir comendo pelo caminho.
Sair para comprar flores e voltar para casa com um buquê nas mãos.
Ou colher as do seu próprio jardim.

image

image

image

Ser realista: escrever apenas três objetivos para a semana e tentar cumpri-los.
Reconhecer cheiros favoritos: chuva, toalhas limpas, óleo de amêndoas, cimento fresco, lojas de ferragens, lenha sendo queimada na lareira, o primeiro café do dia, bacon na frigideira, perfume de alguém querido, as flores do jasmin.
Transformar o carrinho de supermercado em patinete e deslizar pelos corredores.

Servir um café ou chá nas louças novas que você “guarda para as visitas”. Para você mesmo. Você merece.

image

image

image

Calcinha nova. Meia nova. Sabonete novo.
E meia calça nova. Joy.
E gilete nova. Sim.

Receber correio bom: cartas, presentes, revistas, encomendas muito esperadas.
Passar um minuto apreciando algo positivo na sua vida. Agradeça.
Chegar em casa cansado e lembrar da panela cheia da sua “comfort food”.
Assistir um filme que transporte você de volta para a infância.
Sair sozinho para olhar vitrines, fazer compras e almoçar; um date com você mesmo.

Plantar alguma coisa. Cuidar dela. Vê-la crescer e florir.

image

image

image

Sair para comprar uma roupa nova para a primavera. Ou verão. Ou inverno. Não importa.
Arrumar pelo menos uma gaveta e curtir a sensação de realização.
Lavar o cabelo demoradamente, apreciando a experiência e usando o seu melhor xampu.
Pôr creme no cabelo lavado, uma máscara refrescante no rosto e, usando sua roupa mais confortável, curtir seu seriado preferido enquanto espera os produtos fazem seu trabalho.
Ligar para alguém cuja voz te acalme.
Ligar para alguém que se acalme com a sua voz.
Fazer as unhas com o seu esmalte preferido.

image

image

Limpar o compartimento de pêlos da secadora de roupas.
Fazer amizade com o gato do vizinho que vem passear no seu jardim.
Reler o livro favorito que você não lia há anos.
Terminar aquele outro que você estava adorando ler, mas sem tempo de recomeçar. Hoje é um desses dias em que se arranja tempo porque justifica mudar prioridades.
Reunir livros já lidos ou qualquer coisa que não tenha mais uso para você a fim de serem doadas ou presenteadas. Generosidade estimula gratidão. Faça o dia de outra pessoa melhor, também.
Sair para comprar ingredientes para uma receita que estava querendo testar.
Tomar uma decisão simples, mas que vinha sendo adiada por inércia.

image

image

Imagine que você tem 10 anos de novo. Saia pra comprar doces. Mas agora com seu dinheiro, sem precisar pedir. Escolha o que quiser. Compre um de cada. Coma todos. Yes, you can.
Assar um bolo e ser criativo com a decoração. Nada de Masterchef. Você faz as regras. Todas as jujubas do saquinho na cobertura? Yes.
Banho de banheira. Todas as bath bombs e cremes e produtos que você economiza para “ocasiões especiais”. Essa é uma delas.
Tirar da gaveta os piscas/luzinhas natalinas. Acender todas. Apagar todas as outras luzes.
Luz de velas perfumadas. Música preferida (seja CD ou Spotify). Sofá.
Prestar atenção na trilha sonora cotidiana. Vento, chuva e pássaros, especialmente. Reserve tempo para ouvi-los.

Gaste pouco dinheiro com uma besteira que te faça sorrir.

image

image

Sorria para cachorrinhos na rua. Afague gatinhos aleatórios. Retribua o aceno das crianças.
Teste uma maquiagem nova. Treine um passo de dança novo. Aprenda uma palavra interessante em um idioma que você não domina.
Matricule-se num curso de algo que sempre quis aprender.
Compre algo que você quer muito mas sempre achou caro. Veja não como uma compensação pelas suas falhas mas como um presente porque, apesar delas, você existe e você importa.
Leia mensagens, emails, cartões de natal e cartas enviadas por pessoas queridas.
Vá caminhar numa área bonita da sua cidade. Admire a paisagem, a arquitetura. Agradeça por aquele lugar. Agradeça pela sua capacidade de enxergar beleza. Jamais a tome por garantida.

image

Pegue aquele plástico bolha que você estava “guardando para embalar coisas”. Poc. Poc.
Pegue revistas velhas para ler. As roupas eram TÃO diferentes há 10 anos. Sessão nostalgia ou sessão risada, você escolhe.
Perdoe alguém. Vale perdoar a si mesmo.
Planeje uma viagem em detalhes. De acordo com as suas possibilidades, comece a se preparar para ela.
Comece um diário. Não precisa escrever todos os dias, só quando quiser (ou precisar).
Pelo menos por hoje, deslogue de todas as redes sociais. Ao invés de stalkear desafetos e se irritar com política, leia sites que tragam coisas, textos e lugares inspiradores.

Passe no mercado e traga para casa o seu iogurte, sorvete, chocolate preferidos.

image

Abra todas as janelas e deixe a luz entrar. Mesmo que o dia esteja nublado. Reflita que qualquer luz, por mais fraca que seja, é melhor do que a completa escuridão.
Do what you can. Whatever you’re able.
You are doing your best. And your best is enough.


No comments

Os comentários são moderados para evitar spam. ♥