Put the kettle on, Polly






levei uma amiga para conhecer o garden centre de abridge, que fica a meia hora de carro daqui. a moça veio da zona 1 e as lojinhas de plantas do borough dela cobram fortunas por qualquer samambaia murcha.

mas visitar garden centres sem saborear um chá com bolinho caseiro no tea room: impensável.







e essas louças com cara de avó meio descombinandinho aquecem meu cuore. ♥



essa petúnia é mais dark que a minha alma:



gosto desses móveis vintage de ferro para jardim; infelizmente eles enferrujam, como dá pra ver na foto abaixo (e no meu pátio, porque eu tenho alguns já em vias de virar pó):

image

image

image









esse é o william, o galo de estimação do fenlands - outro garden centre que também visitamos nesse dia.

image

ele é enorme, mas inteiramente dócil: pede pra ser pego no colo e curte um carinho no papo. um bebezão, really. tão mosca-morta que foi atacado por um galinho miniatura bantam (três vezes menor do que ele) e acabou perdendo um olho no embate. disabled yes, adorable always. ♥



relax time in the evenings. desde que ajeitei o conservatório tá sendo complicado encontrar ânimo para sair de casa. ;)

image







image

outro dia abri a porta pra checar o estado da roseira e meu olfato foi atingido em cheio pelo cheiro de petrichor; o nostálgico aroma da terra molhada depois da chuva. perks of suburban life, i guess.

also, suculentas na água:

image

propagating…



sim, elas morrem se você puser água demais - mas por algum motivo estranho criam raízes e sobrevivem de boas quando deixadas apenas na água. vai entender…

aaaand hello june! behave, you little shit.

No comments

Os comentários são moderados para evitar spam. ♥