Country pubs

image

da série “tretas épicas de internet”: o photobucket, site onde eu costumava hospedar minhas fotos alguns anos atrás, deu um belo coió nos seus usuários (inclusive quem pagava) e literalmente sequestrou as imagens de todo mundo que não aceite colocar 400 dinheiros na mão deles. ou seja, no momento vários anos de arquivos do meu blog estão com os links para imagens quebrados. estou consertando aos poucos, mas realisticamente vai levar cerca de seis meses para completar o trabalho. e para quem já estava meio desanimada com internet…

como motivação para voltar (ao invés de deletar o blog inteiro) eu resolvi fazer uma versão pessoal do 100 Happy Days Project - adaptado para 100 happy things. que também não precisam ser apenas “coisas”, but you get the picture. or the pictures. literally. :)

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

country pubs:
ambiente e decor tradicionais
estacionamento (e assim poder chegar no pub)
maior probabilidade de encontrar um lugar para sentar
maior probabilidade de encontrar uma lareira
maior probabilidade de encontrar um labrador molhado deitado na frente da lareira
ouvir conversas sobre vacas, tratores e adubo
cerveja mais barata (e maior variedade de real ales)
menos hipsters e posers (ambiente familiar)
vespas
white people

city pubs:
ambiente e decor modernos
você pode ir de ônibus (e assim pode beber mais)
maior probabilidade de encontrar o pub aberto
maior probabilidade de encontrar comida decente
maior probabilidade de encontrar comida decente em horários alternativos
ouvir conversas sobre aluguéis, tinder e fundos de investimento
cerveja mais cara (e melhor variedade de artesanais)
mais hipsters e posers (entretenimento gratuito)
ratos
white people

eu sou team country porque acredito que uma vista bonita pela janela e lugar pra sentar num beer garden cercado de árvores com cachorrinhos chamados Pup ou Spotty latindo uns para os outros (ao invés de crianças chamadas Atticus ou Jocasta jogando comida no meu cabelo) compensam o menu meio repetitivo e o vinho marromeno.

diconas: não peça o vinho (exceto rosé, porque rosé é sempre marromeno anyway), não escolha o hambúrguer nem o bife (trust me), não jogue comida pro Spotty (ele pode estar de dieta), não fique bêbado (não vai ter ônibus/uber pra voltar depois), não chegue depois das duas da tarde ou das oito da noite e não peça leite de soja pro seu café; eles vão dizer que não têm nenhuma vaca chamada “soja”. you’re welcome. :)

fotos: the inn on the lake em godalming, surrey

No comments