Hey, Friday!

sextou novamente e ao invés de links que levam à ruína financeira (já gastaram o salário do mês na black friday? good) vamos perder um tempinho no instagram e quem sabe injetar novidade no feed pra variar a interminável sucessão de “selfie/foto de rolê/de copo/página de livro/pôr do sol/comidasfeia” - sorry, not sorry.

image

ela é japonesa, mora numa das áreas mais cool de tóquio, tem 400 mil seguidores no instagram, se veste melhor do que você e tem apenas sete anos; essa é a digital influencer que você respeita! quantos likes essa pink princess merece? risos. (@coco_pinkprincess)

image

cê acha que EU exagero com fotos do outono? risos. dá uma olhada no feed (maravilhoso, por sinal) da rebecca. ok, teoricamente esse é um feed de roupa e eu não poderia ligar menos - mas fico por causa das fotos. olha esses lugares, essa paleta de cores ♥ (@aclotheshorse)

image

o feed da emma é um xanax para os olhos, cura ansiedade e inspira com as still lifes usando elementos da natureza - em tons degradê ♥ - as ilustrações e os pequenos momentos de tranquila domesticidade. essa foto não é nada menos que uma pintura. (@silverpebble2)

image

as captions são em turco, então você talvez não vá entender muito das receitas; mas os vídeos sem som são estranhamente relaxantes, um antídoto contra a buzzfeedização da culinária nas redes sociais (tastemade, i’m looking at your “nutella-with-everything” shit) (@lezzeti_ask)

image

mais uma da série crianças fofas; as fotos são ok, mas os vídeos de humor com as gêmeas genialmente roteirizados pela mamma são a melhor coisa do perfil. o melhor: mila dando a sua opinião sobre a onda fitness. ou: “this ship has saiiiiiled”. priceless. (@kcstauffer)

image

esse está bem famosinho mas yay eu descobri quando tinha meia dúzia de seguidores (#hipster) e portanto vale a propaganda. é bem melhor se vc assistiu à série; mas o humor, os shades e as quotes são impagáveis anyway. gotta love/hate #WokeCharlotte (@everyoutfitonsatc)

image

pra quem estava em marte: o movimento body positive é uma ação coletiva que ensina mulheres a amarem seus corpos. a megan se curou da anorexia, escreveu um livro, tem o melhor cabelo do instagram, vídeos de dança contagiantes e mensagens que inspiram. (@bodyposipanda)

image

direto ao ponto: mais de mil anúncios, editoriais e campanhas da mídia impressa. uma delícia pra quem curte moda, propaganda, música, cultura e lifestyle de várias épocas (e não tem cropping das imagens pra caber em square format, thank goodness for that) (@adarchives)

image

old news, mas outro dia fiz uma referência a esse perfil, a outra pessoa não captou e foi quando me dei conta que ainda existe gente que desconhece essa maravilha. sim, gatos enfiados em pão. em outras coisas também, mas principalmente pão. you’re welcome. (@breaded_cats)

image

da série “casas onde eu gostaria de morar”; por mais que a estética “tudo branco com toques coloridos” já tenha dado (e sido substituída pela “selva urbana” ou “minimalismo escandinavo”) é impossível não ficar feliz olhando o cafofo multicolorido da ida. (@idainteriorlifestyle)

image

o funeral doméstico de kate oberlin. perturbador, inspirador, triste, lindo.
◑ lip tint com glicerina e beterraba; curti a idéia e fiz em casa: funciona melhor no rosto.
◑ a nossa relação nem sempre simples com a comida.
◑ 25 filmes que documentam personagens sucumbindo à loucura.
◑ sobre relacionamentos: sempre acreditei nisso.
azzedine alaia se foi, mas não sem antes chutar todas as bundas (isso não é mais shade, é um eclipse total)
choosing to be on your own.
◑ pras migas pedindo as minhas velhas playlists “basic bitch natalina”: infelizmente elas foram feitas no finado grooveshark, ou seja, não estão mais disponíveis. mas vou deixar aqui o link para os posts com a lista das músicas (volume I e volume II), basta copiar e montar a sua no spotify ou youtube. you’re welcome. ♥

No comments