Clifton Nurseries





















Não há muitas nurseries na cidade (elas costumam ocupar muito espaço), mas Clifton é uma exceção. Compacta, mas bem organizada, com o obrigatório café e a lojinha de decoração para a satisfação dos clientes menos exigentes. A estufa é a minha parte favorita e alguma coisa na umidade, no calor e no som da água corrente que sempre me lembra o Brasil.

Nesta época do ano há cestas cheias de bulbos de narcisos por toda a parte e uma encantadora loja de artigos natalinos na Fern House. Eu não comprei o sedum retratado aqui (já tenho um e é gigantesco), mas trouxe para casa uma pequena string of pearls (finalmente!) dentro de um vaso bonito em forma de cabeça que mostrarei de outra vez.

Never is a long time.






















image

Queijo, vinho e uma passeio por Bloomsbury numa segunda taciturna, véspera de viagem (em que eu talvez eu devesse estar fazendo as malas). Mais tarde o meu laptop de apenas dois anos morreria de morte morrida, mas horas antes eu estava feliz feito pinto no lixo aprovando um vinho de que eu nunca havia ouvido falar e cujo nome esqueci, ouvindo o barulho do trânsito à distância (Lambs Conduit Street parece uma village plantada no meio da zona 1) e notando que as cores da moça de casaco caramelo esperando o namorado pareciam mimetizar com o ambiente. You looked particularly lovely today, London. Thanks for that.


This day is an invitation.
























And it’s just for you. You’ve got a reservation for the 17th of June.
Open your eyes and let the Sun break in for a while; there may be something
that you’ve never seen inside.

Feel how your heart beats like a heavy machine, the sound of the traffic like a

Silent dream.

Almoço no libanês favorito seguido de uma longa caminhada pelo que seria um dos últimos dias bonitos desse outono que nasceu molhado e indisposto. Ainda que algumas folhas já tenham apodrecido nos galhos antes de cair: ainda temos mais mês e pouco pela frente; vamos se animar, meu filho.